Tag: livros infantis que educam

Conheça o Conto “A Amendoeira Triste”, um material completo para trabalhar a tristeza, o otimismo e a resiliência. Vem com o Jogo do Otimismo.

Uma alma triste pode matar mais rapidamente que uma bactéria  (John Steinbeck)  Quando lancei o meu primeiro livro “Carlota não quer falar”, juntamente com o “Projeto de Educação Emocional com Carlota” recebi diversas mensagens perguntando porque não havia introduzido a tristeza entre as emoções trabalhadas no citado material. Não o fiz porque desejava trabalhar a tristeza de

Continue lendo

O Grande dia chegou: Lançamento do meu conto infantil ilustrado

(Para leer el texto español pincha aquí: Lanzamiento del cuento Carlota no quiere hablar) “Carlota não quer falar” já é realidade No sábado 1 de abril foi o evento de lançamento do meu primeiro conto infantil ilustrado. Foi uma manhã ótima, organizada por Edições Sar Alejandría no Centro Cultural Les Aules de Castellón. Fotografías de Cesar Miltons

Continue lendo

Carlota não quer falar, un conto com muitos valores

“Carlota não quer falar”  é a história de uma menina que não consegue falar das suas emoções e sentimentos. Um excelente material para trabalhar as capacidades emocionais com as crianças e familias. Vem conhecer a Carlota e o Ludo das Emoções que acompanha o livro.

Emocionario: O dicionário de emoções que está bombando em Espanha.

(Para leer el texto en español pincha en: Emocionario) Era um sábado pela noite e como costumamos fazer saímos para passear em família. No dia seguinte era o aniversário de um amigo do meu filho e resolvemos comprar-lhe um livro de presente, por isso os três entramos em uma livraria. _ Mamãe olha o que encontrei! Meu

Continue lendo

O Monstro de Cores: aprendendo sobre os sentimentos

(Para leer el texto en Español pincha en: El monstruo de colores) Uma resenha muito especial Sou uma amante dos contos infantis! Gosto muito de aprender e ensinar através dos contos. As histórias infantis não foram criadas somente para entretener as crianças. Na verdade elas possuem um forte componente didático que deve ser aproveitado ao máximo para ajudar as crianças no seu

Continue lendo