comportamento, Contos que educam, educação emocional, Post's favoritos, Sem categoria

Os pais como agentes de mudança: Educação Emocional através de contos.

Quando comento com alguém que sou facilitadora de Educação Emocional através de Contos, a grande maioria das pessoas pensam que trabalho exclusivamente com crianças. Na verdade isto está completamente longe da realidade. Por incrível que pareça a grande maioria de oficinas que realizo estão dirigidas a adolescentes, jovens e adultos. Uma das oficinas que mais… Continuar lendo Os pais como agentes de mudança: Educação Emocional através de contos.

Anúncios
comportamento, Contos que Educam, educação emocional, Minhas homenagens, Sem categoria

O Perfume da Professora: uma história para viver e compartilhar.

Ontem recebi mensagens de duas professoras que me motivaram a compartilhar com vocês esta história. Uma delas, é professora aposentada, que aos seus 73 anos ainda dedica o seu amor e sua energia a ajudar a crianças e adolescentes.  Geralmente compartilho histórias com atividades para que professores, psicólogos e psicopedagogos, trabalhem com terceiros, mas hoje… Continuar lendo O Perfume da Professora: uma história para viver e compartilhar.

Cursos, Post's favoritos, Sem categoria

Curso Semipresencial: CONTOEXPRESSÃO – Educação Emocional e contos em terapia.

Como já comentei anteriormente estarei no Brasil nos meses de Julho e Agosto de 2018, quando estarei realizando uma série de eventos que estamos já ultimando, e logo passaremos mais informação sobre as datas e lugares. Porém, algo que estamos organizando (em parceria com empresas e profissionais da psicologia e educação), é um Curso Semipresencial: CONTOEXPRESSÃO:… Continuar lendo Curso Semipresencial: CONTOEXPRESSÃO – Educação Emocional e contos em terapia.

comportamento, educação emocional, Post's favoritos, Sem categoria

Seu filho só responde sim e não? Venha conhecer uma forma eficaz de comunicação.

Hoje resolvi falar sobre um tema que começou a surgir nas oficinas para pais e mães que realizo: COMUNICAÇÃO. Como todos os dias a mãe ou o pai vai buscar a criança no colégio, e enquanto caminha ou conduz, começa a bombardear o filho de perguntas, e a conversa segue mais ou menos esse roteiro:… Continuar lendo Seu filho só responde sim e não? Venha conhecer uma forma eficaz de comunicação.

Atividades de contoexpressão, contoexpressão, educação emocional, Post's favoritos, Sem categoria

O Monstro da Raiva: Atividade para gerir a ira e conhecer como ela atua. Educação Emocional.

Atividade Para gerir a raiva Oi, tudo bem? Sou Claudine Bernardes, escritora e especialista em contos e fábulas terapêuticas. Quero propor para você uma atividade para trabalhar as emoções, através da fábula da Vespa Afogada de Aquiles Nazoa. Esse material faz parte de uma das oficinas que realizo, chamada "Para dias de chuvas, guarda-chuva colorido",… Continuar lendo O Monstro da Raiva: Atividade para gerir a ira e conhecer como ela atua. Educação Emocional.

Oficinas, Sem categoria

JÁ A VENDA: Oficinas de vivências através de contos – Contoexpressão

Estas oficinas podem ser oferecidas para associações de pais, educadores, a grupos em geral, e para todas as idades, por um valor adequado ao seu desenvolvimento profissional (quando realizo uma oficina costumo cobrar entre 100 e 200 euros por cada oficina de 2 horas, com um máximo de 20 participantes). Você poderá amortizar o investimento muito rápido!!!

Atividades de contoexpressão, Conto infantil, Contos que educam, Contos que Educam, educação emocional, Para colorir, Sem categoria

Conto + Atividade: O Idioma de Júlia. Para pintar, desenhar, cantar e dançar.

Oi, tudo bem?! Como ultimamente tenho recebido muitas mensagens agradecendo pelo material que preparo e compartilho, resolvi trazer algo bastante exclusivo. Isso mesmo! Se trata de um conto inédito, que escrevi para dar protagonismo a Júlia, que é a melhor amiga de Carlota (do meu conto "Carlota não quer falar").  O Conto que se chama "O Idioma de Júlia" será de ajuda para ensinar as crianças que cada pessoa é diferente, mas que apesar das nossas diferenças podemos ser amigos e passar tempo juntos, fazendo coisas que gostamos.