LIVRO CONTO EXPRESSÃO: o poder terapêutico dos contos em 60 oficinas de educação emocional

LIVRO : CONTO EXPRESSÃO – O poder terapêutico dos contos em 60 oficinas de educação emocional

Imagine ter nas suas mãos um material completo para aplicar oficinas explicadas passo a passo. Exatamente! Um material que já vem sendo utilizado por diversos profissionais: Educadores, psicólogos, psicopedagogos, contadores de histórias, terapeutas. Qual o público? Oficinas para crianças, adolescentes e adultos.

O Livro possui parte teórica + 30 contos e 60 oficinas + quebra-gelos + material de apoio (baixar pelo QR code). Excelentes para psicólogos, psicopedagogos, professores, contadores de histórias, mediadores de leitura, terapeutas, etc.

É UM LIVRO PARA TODO AQUELE QUE DESEJA COMPARTILHAR CONHECIMENTO E TRAZER UM POUCO DE CURA À VIDA DAS PESSOAS.

Com a coordenação editorial de Claudine Bernardes e a coautoria de diversas profissionais (psicólogas, psicopedagogas, arteterapeutas, enfermeiras, professoras, contadoras de histórias) o livro possui 30 contos (contos de fadas, inspirações e contos autorais) e 60 oficinas, passo a passo, para aplicar com crianças, adolescentes e adultos.

.
LINKS DE COMPRA DO LIVRO:
· Loja Literare 
· Amazon 
· Mercado Livre 
· Shopee 

Ah!!! Faltou dizer que o livro possui também um material de apoio em PDF que você poderá baixar com o QR code que consta no livro. Nele você encontrará: aulas gratuitas, explicação simbólica, moldes e outros complementos.

Este livro foi escrito por facilitadoras em Contoexpressão. Esta metodologia foi criada por Claudine Bernardes e vem sendo aplicada tanto na terapia como na educação. Caso você tenha interesse em aprender a utilizar os contos como ferramenta educativa ou terapêutica, entre em contato para conhecer o CURSO ONLINE DE CONTOEXPRESSÃO: Educação Emocional e terapia por meio de contos. Preencha o formulário abaixo para mais informação ou veja o curso aqui

Publicidade

Compreendendo as Emoções por meio de contos: video-aula completa

Como vocês já sabem, aqui na Caixa de Imaginação, compartilho muito material gratuito e de qualidade. Hoje trouxe para vocês uma aula muito completa que tenho certeza que servirá de ajuda para pais, mães, educadores, psicólogos e todos aqueles que se interessam pela educação emocional.

Deixo abaixo a aula completa. Veja, compartilhe e deixe o seu comentário.

E se ficou interessado pelo curso de CONTOEXPRESSÃO: EDUCAÇÃO EMOCIONAL E TERAPIA POR MEIO DE CONTOS, tenho uma super notícia, estamos de oferta!!!

Oferta válida até dia 05 de agosto de 2022. Pagamento por PIX ou depósito bancário. Solicite a chave pix.

Quer mais informação? Entre em contato pelo whatssap ao lado, ou pelo formulário abaixo.

AULA: A IMPORTÂNCIA DO MAL NOS CONTOS DE FADAS

Você conhece a importância do mal nos contos de fadas e na narrativa em geral?

Os contos de fadas ajudam as crianças (e, claro, também adolescentes e adultos) a enfrentar seus conflitos internos. Essas histórias projetam no exterior a luta interna entre o bem e o mal que vive em todos nós.

Porém há muito mais sobre esse tema, e conhecer isso abrirá um leque de possibilidades tanto na sua vida pessoal como profissional.

Como muito de você sabem sou especialista em Educação Emocional e Contos Terapêuticos (narrativa na terapia). Há anos venho ensinado psicólogos, educadores e diversos profissionais a como utilizar este conhecimento, tanto no trabalho com crianças, como adolescente a adultos. Como fruto desse trabalho tenho um livro publicado junto às minhas alunas, o qual é um bestseller (CONTOS QUE CURAM: EDUCAÇÃO EMOCIONAL E POR MEIO DE CONTOS) e agora estou preparando um novo livro.

Gostaria de convidar você a participar dessa aula que ficará gravada, caso você não possa assistir nessa data.

Será dia 23 de Maio às 18h, não perca porque não sei quando voltarei a abordar esta temática.

E TEM MAIS…

Quem se inscrever nessa aula terá acesso ao link da minha aula anterior TOUR PELO MUNDO MÁGICO SÍMBOLICO, para compreender os contos e os arquétipos através da Jornada do Herói de Joseph Campbell 🤭

A aula será realizada por Zoom e caso você se inscreva mas não possa participar, receberá um link para ver a gravação posteriormente ou rever a aula com tranquilidade. Peça informação pelo whatsapp ao lado ou no formulário abaixo.

Aula: Como utilizar o album ilustrado em terapia?

O Album ilustrado é uma ferramenta potente para ajudar tanto a crianças, como adolescentes e adultos, pois contém metáforas visuais e linguísticas que conectam emocionalmente, ao mesmo tempo que despertam o seu conhecimento.

Nessa aula prática apresentarei diversos Albuns ilustrados e como utilizá-los na psicoeducação, em oficinas, para gerar vínculo terapeuta/paciente e muitas outras situações.

Se você é psicóloga(o), psicopedagoga(o), educador parental, coach, arteterapeuta, terapeuta, esta é uma oportunidade de EXPANDIR o seu conhecimento e oferecer esta ferramenta aos seus pacientes/clientes.

2h de aula + certificado de assistência + mentoria para 1 caso

INFORMAÇÃO: A aula será realizada por ZOOM na terça-feira dia 23/11/2021 às 18h30 (Brasília).

Atenção: Portugal 21h30 – Espanha 22h30.

FORMA DE PAGAMENTO:

PAGSEGURO (ABAIXO), PIX (solicitar chave através do formulário abaixo) Paypal ou Transferência bancária (Portugal)

FICOU COM DÚVIDA E QUER FALAR DIRETAMENTE COMIGO?

Me escreva por Whatssap

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
Quando este lote tenha esgotado, o link será desativado.

Lote 1: 87 reais

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
Quando este lote tenha esgotado, o link será desativado.

Lote 2: 127 reais

SE QUISER PAGAR COM PIX OU TIVER DÚVIDA, me envie mensagem abaixo:

Aula Zoom: Interpretação e Adaptação de Contos de Fadas

Vamos pra aula?

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre como adaptar os CONTOS DE FADAS para as crianças de forma respeitosa, ou seja, sem dilacerar os simbolismos mais importantes destes contos, o que poderia trazer grandes prejuízos.

Já vimos diversas adaptações realizadas por Disney, que embora tenham deixado o conto mais romântico e até bonito, provocaram mudanças na sua estrutura simbólica, provocando a criação de outra coisa, ou seja, outro conto distinto… com uma mensagem completamente distinta da original.

Tanto dos meus cursos presenciais no Instituto IASE de Valência (aqui na Espanha), quanto nas minhas aulas on-line, e até pelo meu Instagram e Blog as pessoas me perguntam: DEVO CONTAR O CONTO ORIGINAL PARA AS CRIANÇAS? E esses contos que possuem violência? Por que a princesa deve ficar com o príncipe? Esses contos não são prejudicais e sexistas?

Nessa Aula Online de 2 horas, abordarei estes temas, utilizando como base TRÊS CONTOS INCRÍVEIS: Branca de Neve, Pequena Sereia e Pele de Asno (é possível que você não conheça este porém recomendo conhecê-lo).

EMITIREMOS CERTIFICADO DE ASSISTÊNCIA DE 2 HORAS.

ENTÃO, ACHOU INTERESSANTE? VEM PARA A AULA, garanta a sua vaga, porque são limitadas, veja os preços:

LOTE 1: 49 reais (5 primeiras matrículas)

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
Este link será desativado quando atinja a quantidade estabelecida.

LOTE 2: 69 reais (próximas matrículas)

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
Pague com este link se o anterior não funcionar

Caso queira mais informações ou pagar por PIX solicite a chave pelo whatssap abaixo

AULA ABERTA: O PODER DOS CONTOS

AULA GRATUITA? É sempre bom, né!

Vem junto à minha primeira aula aberta por Instagram! Não é uma simples LIVE é uma verdadeira aula, cheia de dicas onde quero compartilhar com você esse incrível mundo dos contos. Você poderá fazer perguntas, tirar as suas dúvidas e aprender muito.

Será na próxima segunda feira, dia 24 de maio, às 18h no Brasil. Em Portugal será 22h e na Espanha (que é onde estou) será às 23 horas.

O que vamos tratar?


– Três representantes históricos do poder dos contos.

– Interpretar contos de fadas?

– Os contos, mitos, parábolas se explicam?

– O poder da palavra falada.

– O caminho do conto.

– Símbolos nos Mitos, lendas, fábulas, parábolas, contos.


Quem sou eu e por que me atrevo a tratar desses temas?


Para quem não me conhece ainda, sou Claudine Bernardes, Escritora, autora de diversos livros entre eles o best seller “Contos que curam: Oficinas de educação emocional por meio de contos”. Sou Mestre em Contos Terapêuticos e criadora da Metodologia Contoexpressão. Professora de Narrativas em terapia e Contoexpressão nos mestrados do Instituto IASE com sede em Valência, Espanha. Criadora de material psicoeducativo para professores, psicólogos e amantes da educação emocional. Blog www.acaixadeimaginacao.com 

Porém o mais importante de tudo! Sou uma pessoa que compartilha conhecimento por amor à humanidade. 


Anota aí! Etiqueta alguém que possa estar interessado. Deixa comentários e perguntas. Compartilha nas suas redes sociais. Coloque um despertador na sua agenda para não esquecer!

Vamos espalhar o poder dos contos pelo mundo!

Árvore e folha: o livro de Tolkien que fala de fantasia

Todos conhecem a Tolkien pelo livro ou filme “O Senhor dos Anéis”, hoje eu lhe apresento um livro mais didático.

Foi difícil encontrar uma edição desta obra aqui na Espanha, tive que comprar um exemplar usado, porque não encontrei nenhuma edição em venda. Mas não me arrependo do investimento de tempo de dinheiro. Muitos de vocês me escrevem perguntando por livros que eu recomendo para leitura. Esse é um deles. O mundo dos contos de fadas possui uma lógica própria, leis que são importantes conhecer. E Tolkien manejava muito bem estas leis, o que se ve nos seus diversos livros. Árvore e folha se publicou por primeira fez em 1964.

Nesse livro encontraremos um ensaio sobre os contos de fadas. Mas o que é um conto de fadas? A resposta parece fácil, porém não há um consenso, e muitos autores reconhecidos apresentam as suas definições, como o famoso psiquiatra Bruno Bettelheim.

A definição de um conto de fadas -ao menos o que deveria ser- não depende, pois de nenhuma definição nem de nenhum relato histórico de elfos ou fadas, mas sim da natureza de “Fantasia”: O Reino Perigoso e o ar que sopra nesse país.

Mas o que significa isso?


Para Bruno Bettelheim os contos de fadas são aqueles onde aparecem esses seres mágicos, as fadas. Sendo que os outros contos onde não aprecem as fadas, porém estão dentro do mágico simbólico (o que Tolkien chamaria de Fantasia), são denominados CONTOS MARAVILHOSOS. Um elementos imprescindível de ambos, segundo este autor, é o final feliz.


Tolkien, no entanto, nos propõe outra definição, dizendo que os CONTOS DE FADAS são aquelas histórias que acontecem dentro de FANTASIA. O mundo de FANTASIA (o qual nos meus cursos eu defino como o mundo mágico-simbólico) é um lugar fora deste mundo onde vivemos. Ali o tempo se vive de outra forma, as leis naturais são diferentes, porém existem leis. Neste mundo entramos através de um portal o qual conhecemos com essas palavras “magicas” que sempre dizemos quando começamos um conto de fadas “Era-se uma vez”. Nesse mundo tudo pode acontecer…

Tais histórias abrem uma porta a Outro Tempo e se a cruzamos, ainda que somente por um instante, ficaremos fora da nossa própria época, ou fora do próprio Tempo.

Este é um mundo exclusivo de crianças?


Algumas pessoas pensam que os contos de fadas e seu mundo maravilhoso é um lugar para ser visitado somente pelas mentes infantis. Esse é um grande erro. SOU UMA DEFENSORA da educação emocional por meio dos contos, tanto para crianças, como adolescentes e TAMBÉM ADULTOS. Inclusive, muitos psicólogos que fazem o meu curso de CONTOEXPRESSÃO (também terapeutas em geral) trabalham utilizando o conto com adultos.

Tolkien defende que os adultos necessitam dos contos de fadas, pois dentro de fantasia poderão aprender muito. O adulto deve aproximar-se dos contos de fadas, respeitando esse tipo de literatura como uma arte. Não se trata de infantilizar-se… de querer viver dentro da fantasia… nada disso, deve fazê-lo de forma respeitosa e adulta. Então, segundo o autor poderá aprender alguns valores esquecidos, porém necessários, como: FANTASIA, RENOVAÇÃO, EVASÃO E CONSOLO.

Há muito mais que dizer sobre este incrível livro, porém hoje fico por aqui. Espero que tudo isso lhe faça meditar na importância dos contos na vida de crianças e adultos. Se gostou compartilha e se quiser aprender a utilizar os Contos como ferramentas psicoeducativas, vem estudar CONTOEXPRESSÃO COMIGO.

A importância dos Contos na Educação e Terapia

“A alma humana tem a necessidade inextinguível de que a substância dos contos flua através de suas veias; assim como o corpo necessita ter substâncias nutritivas que circulam através dele.”

(Rudolf Steiner)

Você pode escutar este post através do Podcast que preparamos:

Quando escutamos falar sobre contos, imediatamente os associamos a infância e nos traz lembrança felizes. É verdade! Os contos são elementos essenciais durante a infância, porém sua importância não deveria diminuir durante a adolescência ou na vida adulta. Os contos carregam a esseˆncia humana, nossa estrutura vital: um princ ́ıpio, um processo de desenvolvimento e um fim.

Os contos, através de suas metáforas e simbolismos, alcançam nosso inconsciente, já que conseguem esquivar as barreiras criadas pela razão. E uma vez ali, despertam o conhecimento ou plantam sementes para o futuro. Dotar a mente de simbolismo é altamente importante, já que 80% das nossas decisões são tomadas pelo inconsciente. Por este motivo, os contos servem como instrumento perfeito para educar as emoções, ensinar valores, animar, fortalecer a resiliência, a autoestima, a assertividade, etc.

É importante esclarecer que utilizamos o termo “conto”, como forma geral para o gênero narrativo que engloba: contos de fadas, contos modernos, fábulas, mitos, parábolas, lendas, etc. A pessoa (como leitor ou ouvinte) encontra significados nos contos, pois eles transmitem importantes mensagens à mente consciente e inconsciente. Essas histórias encorajam o seu desenvolvimento, ao mesmo tempo que aliviam pressões conscientes e inconscientes. Na medida em que as histórias se desenvolvem, dão espaço à consciência, mostrando caminhos para satisfazer as necessidades e desejos, de acordo com as exigências do ego e superego. Ocorre uma transformação interior que acaba afetando toda a vida do indivíduo.

A psicanálise foi a primeira disciplina a admitir as complicações decorrentes da divisão do sujeito: o consciente e o inconsciente. Porém, dentro do mundo literário, sabemos que isto é um fato consumado, já que a literatura cria personagens contraditórios, onde nem sempre se produz uma síntese.

Bruno Bettelheim, psicólogo e psicanalista que dedicou grande parte de sua pesquisa científica a utilização de contos no desenvolvimento da criança, explica que as histórias contribuem com mensagens importantes para o consciente, o pré-consciente e inconsciente infantil. Ao referir-se aos problemas humanos universais, especialmente aqueles que preocupam a mente da criança, essas histórias se comunicam com seu pequeno “ego” em formação, estimulando o seu desenvolvimento. A medida que as histórias são decifradas, elas dão crédito consciente e corpo as pulsões do id e mostram os diferentes modos de satisfazê-las, de acordo com as exigências do ego e do superego (Bettelheim, p. 12).

A linguagem simbólica é um valioso recurso que se esconde por trás da simplicidade das histórias e que é usada para explicar problemas, etapas ou fatos por meio de símbolos ou imagens direcionadas ao inconsciente humano, sugerindo possibilidades e alternativas. Graças a essa linguagem específica, as crianças veem suas preocupações e desejos expressos. Atualmente, usamos essa linguagem para representar coisas que não estão ao alcance do entendimento humano, isto é, coisas que não podemos explicar com fatos.

“Usamos termos simbólicos constantemente para representar conceitos que não podemos definir ou compreender de forma alguma. Esta é uma das razões pelas quais todas as religiões usam linguagem ou imagens simbólicas. Mas esse uso consciente de símbolos é apenas um aspecto de um fato psicológico de grande importância: o homem também produz símbolos inconsciente e espontaneamente na forma de sonhos.”

(Carl G. Jung, 1995.)

A linguagem simbólica transporta-nos para o nosso interior pela força do seu sentido, do seu apelo emotivo e afetivo, sem nos persuadir ou convencer com argumentos e provas.

Segundo Bruno Bettelheim (2013), o conto tem um efeito terapêutico, pois a criança encontra uma solução para as suas incertezas através da contemplação do que a história parece implicar acerca dos seus conflitos pessoais atuais. O conto de fadas não informa sobre as questões do mundo exterior, mas sim, sobre processos internos que ocorrem no cerne do sentimento e do pensamento.

Os contos garantem à criança que as dificuldades, os perigos, as fatalidades, podem ser vencidas por todos os que pretendem vencer na vida. E a criança que é desprotegida por natureza, sente que também ela pode ser capaz de superar os seus medos, angústias e desconhecimentos. Portanto, ela poderá aceitar com otimismo as decepções e desilusões que vai encontrando, pois sabe que, tal como acontece nos contos, os esforços por vencer darão a recompensa desejada.

“É exatamente esta a mensagem que os contos de fadas trazem à criança por múltiplas formas: que a luta contra graves dificuldades na vida é inevitável, faz parte intrínseca da existência humana – mas que se o homem não se furtar a ela, e com coragem e determinação enfrentar dificuldades, muitas vezes inesperadas e injustas, acabará por dominar todos os obstáculos e sair vitorioso.”

(Bettelheim, 2013, p.16).

Sendo assim, os contos possuem ao menos cinco funções ou utilidades que influenciam a vida do ser humano:

1. Mágica: Estimular a imaginação e a fantasia;
2. Lúdica: entreter e divertir; 3.Ética: transmitir ensinamentos morais e identificar valores;
4. Espiritual: Compreensão de verdades metafísicas e filosóficas;
5. Terapêutica: encontrar nos personagens e situações, referências para a nossa vida.

CONTOEXPRESSÃO

Agora falaremos um pouco sobre a metodologia que serve de norte para a criação dos materiais que compartilho neste blog.

Antes de explicar o que é a Contoexpressão, gostaria de compartilhar com você como e porque criei esta metodologia. Como mãe de uma criança com TDAH (Transtorno por Deficit de Atenção e Hiperatividade) encontrei-me em uma situação muito complicada, já que diante do grande desafio de educar o meu filho, percebi que não possuía as ferramentas necessárias para ajudá-lo. Ao mesmo tempo percebi que era necessário investir na sua educação emocional. Na minha necessidade de encontrar uma maneira de comunicar-me com ele, observei que ao utilizar contos a nossa comunicação era mais fluida, além disso ele entendia melhor o que eu queria ensinar-lhe. Por essa razão, resolvi estudar profundamente tanto educação emocional, como os contos terapêuticos. Ao fazer um mestrado nessa área e vários estudos posteriores, percebi o poder dos contos na educação emocional, porém, me deparei com a falta de ferramentas práticas que ajudassem a alcançar resultados palpáveis.

Dediquei-me, então, a partir de tudo o que eu havia estudado, a construir uma metodologia prática, formada por 4 ferramentas, para aplicação dos contos na educação e terapia.

Esta metodologia foi abraçada pela EpsiHum (Escuela de Terapia Psicoexpresiva Humanista del Instituto IASE), onde leciono e para a qual desenvolvi o Mestrado em Contoepressão: contos, mitos e fábulas terapêuticas como ferramentas psicoeducativas.

O que é contoexpressão?

Contoexpressão é a arte de compartilhar, provocar e despertar conhecimento de forma sensorial e simbólica através de contos. É uma técnica que busca produzir mudanças de pensamento, que culminará em mudanças de conduta auxiliando o ser humano no árduo processo de buscar uma melhor versão de si.

A Contoexpressão é considerada uma arte, já que partimos do ponto de vista de que o educador (dentro desse conceito integramos todos aqueles que de alguma forma compartilham conhecimento) é um artista. A educação é a arte de inspirar no outro o desejo de aprender e transcender, e a arte de comunicar e despertar conhecimento de forma consciente e respeitosa.

Numa oficina Contoexpressiva é possível uma experimentação sensorial do conhecimento, transportando os símbolos internos à materialização através de atividades projetivas Tudo isso será feito utilizando quatro ferramentas contoexpressivas, que estarão inseridas dentro de uma oficina o sessão terapêutica, ou seja:

1.Conexão emocional. Os participantes se conectarão com os símbolos existentes no conto, ajudando-os a compreendê-los.

2.Metáforas e sımbolos existentes nos contos. utilizaremos vários símbolos presentes no “inconsciente coletivo”, que serão de fácil compreensão para os participantes, ou potenciaremos essa compreensão através de metáforas sensoriais.

3. Método Socrático ou Mayêutica que era o método utilizado pelo filósofo Sócrates e difundido por Platão, no qual o professor deveria guiar o aluno, ajudando-o a “parir” determinado conhecimento através de perguntas.

4. Atividade didática. Se utilizam atividades didáticas que podem ser psicoexpressivas, projetivas, arteterapêuticas, etc. Essas atividades ajudam a melhorar a compreensão, expandir o conhecimento ou fixá-lo.

Como você pode observar, estamos diante de uma metodologia que respeita os processos internos de cada pessoa, despertando o conhecimento sobre alguma circunstância específica que esteja “madura para a colheita”.

Se você quiser uma Oficina Contoexpressiva de Presente de forma GRATUITA, leia o post que está no presente link e preencha o formulário que lhe enviaremos a Oficina do Otimismo e Resiliência da Amendoeira Triste.

QUER APRENDER MAIS SOBRE COMO UTILIZAR OS CONTOS NA EDUCAÇÃO EMOCIONAL E NA TERAPIA?

Tenho disponível o curso ONLINE CONTOEXPRESSÃO: EDUCAÇÃO EMOCIONAL E TERAPIA POR MEIO DE CONTOS. Entre aqui para saber mais, ou me escreva pelo formulário abaixo:

Vem conhecer a Contoexpressão e dar um novo enfoque ao seu trabalho.

Oi, tudo bem??? Hoje não vou escrever muito, porque vou te dar o recado através de um video. Assista e compartilhe este video com os seus contatos 😉 E se tiveres dúvidas, escreva-me através do formulário abaixo.

JÁ A VENDA: Oficinas de vivências através de contos – Contoexpressão

oficinas 

Nos últimos meses tenho recebido muitas mensagens de profissionais que gostariam de obter as minhas Oficinas Contoexpressivas. Tenho consciência do efeito destas oficinas, porque vejo constantemente mudanças de atitude nas pessoas que participam delas (tanto crianças, como adolescentes, adultos ou idosos). Por esta razão resolvi disponibilizá-las para venda.

Estas oficinas podem ser oferecidas para associações de pais, educadores, a grupos em geral, e para todas as idades, por um valor adequado ao seu desenvolvimento profissional (quando realizo uma oficina costumo cobrar entre 100 e 200 euros por cada oficina de 2 horas, com um máximo de 20 participantes). Você poderá amortizar o investimento muito rápido!!!

O que é uma oficina de vivência através de contos?

Em uma oficina de vivência através de contos, convidamos os participantes a experimentar as histórias de forma sensorial. As oficinas possuem um objetivo didático e por essa razão, tanto os contos, quanto a técnica aplicada e material de apoio selecionados, ajudam a alcançar estes objetivos. As atividades realizadas convidam os participantes a olhar dentro de si, fazendo uma introspeção profunda, que os ajudará a analisar as suas condutas e sentimentos, e produzir uma mudança positiva de pensamento e comportamento.

Por que através de contos?

A alma humana tem uma necessidade inextinguível de que a sustância dos contos flua através de suas veias; assim como o corpo necessita ter substâncias nutritivas que circulam através dele.”  (Rudolf Steiner)

Quando escutamos falar sobre contos imediatamente o associamos à infância, inclusive nos produz lembranças felizes. É verdade! Os contos são elementos essenciais durante a infância, porém sua importância não deveria diminuir durante a adolescência ou a vida adulta. Os contos carregam a essência humana, nossa estrutura vital: um princípio, um processo de desenvolvimento e um fim, portanto as oficinas que realizaremos se dirigem às necessidades emocionais, tanto de crianças, como adolescentes e adultos.

Os contos, através de suas metáforas e simbolismos, alcançam nosso inconsciente, já que conseguem esquivar as barreiras criadas pela razão; e uma vez ali, despertam o conhecimento ou plantam sementes para o futuro. Dotar a mente de simbolismo é altamente importante, já que 80% das nossas decisões são tomadas pelo inconsciente. Por este motivo, os contos servem como instrumento perfeito para educar as emoções, ensinar valores, animar, fortalecer a resiliência, a autoestima etc.

 A vida é um maravilhoso conto de fadas. Hans Christian Andersen

ALGUMAS OFICINAS DISPONÍVEIS 

1.  Sonhos ou castelos no ar? 

Os sonhos são os combustíveis que fazem que a vida siga o seu caminho. Porém, quando o tempo passa e eles não se fazem realidade, sentimos que os nossos sonhos são como castelos no ar, e por isso nos sentimos frustrados. Através desta oficina ajudaremos os participantes a identificar aqueles sonhos que podem ser realizados; também daremos nome aos gigantes que custodiam estes sonhos, os conheceremos mais a fundo para poder vencê-los. Geralmente estes gigantes são condutas ou sentimentos que nos impossibilitam avançar. Finalmente, através da criatividade, buscaremos os pequenos e grandes passos que necessitamos dar, para começar a mover-nos em direção ao nosso objetivo. Se trata de uma oficina prática, onde os participantes receberão motivação e ferramentas para dar os primeiros passos ao encontro daquilo que desejam. Público: Crianças a partir de 10 anos, Adolescentes, adultos, idosos, grupos de mulheres, grupos de mães, dependentes químicos em recuperação etc. 

 

  


2. Para dias nublados, guarda-chuva colorido.

Administração da ira e fomento do otimismo e resiliência. Através de contos e diversas atividades, os participantes compreenderão como atua a ira, o que passa quando sucumbimos ao seu poder e como utilizar ferramentas de gestão dos sentimentos, para evitar danos emocionais, tanto próprios como alheios. Também utilizaremos jogos de dramatização para exercitar a empatia e experimentar os sentimentos desde um lugar seguro. Para completar a experiência, os participantes receberão ferramentas para fomentar o otimismo e alcançar um estilo de vida mais equilibrado e feliz. Público: Crianças (7-12 anos), adolescentes, adultos, grupo de toxicômanos, associação de pais, empresários, trabalhadores de empresas etc.


3. Um mundo de emoções: O Iceberg.

Educar a mente sem educar o coração não é educação. (Aristóteles)

Não existem emoções boas ou más, na verdade elas são agradáveis ou desagradáveis. Para ter uma vida equilibrada, devemos conhecê-las, experimentá-las e escolher aquelas que fomentarão o nosso crescimento pessoal. Porém, as vezes não é tão fácil reconhecer as emoções no mesmo momento em que as vivemos, ou os sentimentos que outros estão experimentando. Os sentimentos se misturam, se disfarçam e nos confundem, por isso é necessário observá-los mais atentamente, para poder compreendê-los. Através desta oficina, os participantes escutarão contos, participarão de atividades e exercícios para compreender melhor como as emoções atuam internamente e como se exteriorizam, para então poder canalizá-las de forma apropriada. Público: Crianças a partir de 10 anos, adolescentes, adultos, grupo de toxicômanos, associação de pais, empresários, trabalhadores de empresas etc.

 


4. O que te faz único é…

Você é único e irrepetível! Sabia? Teoricamente todos sabemos disso, porém quando ocorrem situações que atacam a nossa auto-estima, começamos a ter uma visão distorcida de nós mesmos. Através de uma linda história, metáforas visuais e uma atividade chamada “A Caixa da Auto-estima”, os participantes compreenderão que amar-se é o primeiro passo para amar e respeitar de forma plena aos que nos rodeiam. Através desta oficina os participantes reconhecerão o seu valor; receberão mensagens de ânimo e otimismo que farão carícias na alma, e ferramentas que os ajudarão quando o desânimo apareça. Público: Crianças (7-12 anos), adolescentes, adultos, grupo de toxicômanos, associação de pais, trabalhadores de empresas etc. Essa oficina possui uma versão familiar, para pais e filhos.

 

5. A Janela Mágica

Muitas pessoas pensam que a vida é um caos de acontecimento, como se o universo estivesse conspirando contra elas. Fazer uma leitura sobre a sua linha vital, observar desde uma perspectiva segura a sua historia, seus problemas, perdas e logros ajudará os participantes a buscar alternativas mais positivas aos seus problemas. A partir deste ponto, ter uma consciência mais plena e fechar o círculo para começar um novo caminho de crescimento pessoal. Público: Crianças a partir de 10 anos, adolescentes, adultos, idosos, desentendes químicos, grupo de pessoas em depressão, pessoas que passaram por perdas pessoais, trabalhadores de empresas, etc.

 


Os contos de fadas são mais que verdades; não porque digam que os dragões existem, mas sim porque nos dizem que os dragões podem ser derrotados. Gilbert Keith Chesterton

SE GOSTOU DAS OFICINAS, APROVEITE A OFERTA DE LANÇAMENTO E COMPRE AS 5 OFICINAS PELO PREÇO DE TRÊS:

 

Para mais informação preencha o formulário abaixo: